Olá!

Esse post será sobre uma nova área que estou investigando: a produção de moldes em programas de CAD (computer aided design – desenho assistido por computador)  para criação de peças cerâmicas. Espero que aproveitem! 🙂

Introdução:

Se para fazer peças no torno é exigida a intuição, nas peças feitas por placas é necessário o planejamento. Isso porque para montar o modelo tridimensional desejado, deve-se desenhar as chapas constituintes. E, dependendo da complexidade do sólido, pode-se necessitar de um conhecimento avançado de geometria descritiva.

Porém, se o ceramista tiver ao seu alcance um computador e tiver um conhecimento básico de manuseio de programas do tipo CAD, esse trabalho torna-se bem mais fácil uma vez que o modelo tridimensional criado no programa pode ter as suas faces projetadas em um plano. Então, depois da criação do modelo no programa só é necessário imprimir as faces, colar e a peça está pronta!

Vou dar um exemplo para vocês:

Exemplo – Jarro de Base Hexagonal

hexagonal_jar_imari_ware_kakiemon_type_edo_period_17th_century_flowering_plant_and_phoenix_design_in_overglaze_enamel_-_tokyo_national_museum_-_dsc05329
Vaso Hexagonal, Kakiemon. Período Edo, Japão, Museu Nacional de Tóquio.

Sempre fiquei impressionado com clássicos vasos chineses e japoneses de formato hexagonal. Sabia que não podiam ser feitos no torno então tinha me distanciado deles até hoje. Mas decidi enfrentar o desafio de trabalhar com placas e, depois de estudar sobre assunto, baixei o programa gratuito do Google para criação de modelos, chamado Sketchup (você pode baixá-lo aqui).

Após instalar o programa, criei a base (um hexágono, no caso) e “subi” a forma na altura desejada. Criei um perfil vertical e usei a ferramenta “siga-me” para que ela formasse o volume da peça. O resultado do modelo ficou assim:

tela sketchup

Agora vem a parte importante: para que essa geometria tridimensional vire um plano, será necessário uma extensão que rebaterá as faces no plano da base. Eu usei a extensão Unwrap, que pode ser baixada no menu Janela > Extension Warehouse, no próprio Sketchup (saiba mais sobre essa extensão aqui). Selecione as faces desejadas, aplique o comando e pronto! Com alguma edição para montagem do molde, você terá o resultado a seguir:

tela 2

Imprima, recorte e monte. O modelo está pronto! Eu fiz um protótipo em papel e ficou assim:

modelos em papel

Conclusão:

Ainda preciso montar um modelo em placa de argila mas acho ser possível o uso de programas do tipo CAD para criação de modelos tridimensionais de forma barata e eficiente. Os moldes podem ser ajustados facilmente para qualquer tamanho e não necessitam de impressoras 3D. Formas complexas como esferas, geodésicas, paralelepípedos torcidos… esses sólidos podem ser criados no 3D e, aplicando e extensão de rebatimento da face no plano, torna-se viável a criação de cerâmicas onde o limite é a imaginação do criador.

Até o próximo post! 😉

Anúncios